A Empresa

A Camisa Listrada, desde 2000, produz séries de TV, documentários e longas, como “O Candidato Honesto”, maior bilheteria entre os filmes lançados em 2014, com mais de 2,3 milhões de espectadores nos cinemas; “Um Suburbano Sortudo”, com Rodrigo Sant’Anna, que ultrapassou 1 milhão de espectadores; e “O Menino no Espelho” (2014) com Mateus Solano e Regiane Alves, comercializado para mais de 15 países e exibido em mais de 30 festivais ao redor do mundo.
Atualmente, é uma das produtoras mais atuantes no mercado cinematográfico brasileiro. No primeiro semestre de 2018, acumulou quase 6 milhões de espectadores nos cinemas com os filmes “Fala Sério, Mãe!” e “Os Farofeiros”, e agora se prepara para lançar a sequência “O Candidato Honesto 2”.
Entre os documentários, lançou em 2014 a série de TV “Expedições Burle Marx”, dirigida por João Vargas Penna e em coprodução com a TV Brasil. Em 2017, em coprodução com o Canal Curta, estreiou “Por um triz”, longa documentário dirigido por Eduardo Zunza sobre os bastidores do Grupo Corpo. Em novembro de 2018, vai lançar nos cinemas “Filme Paisagem, um olhar sobre Roberto Burle Marx”, também dirigido por João Vargas Penna.
⠀ ⠀
Entre os novos projetos, destacam-se a série “Inhotim, o valor das coisas”, de Pedro Urano, em coprodução com o Canal Curta, e “O Palestrante Motivacional”, com Fábio Porchat; ambos com previsão de estreia em 2019. Além disso, a Camisa Listrada se prepara para filmar “Mussum, o filmis”, aguardada cinebiografia que será produzida em 2019.

ANDRÉ CARREIRA

Começou a atuar no mercado audiovisual em 1997, integrando a equipe técnica de diversas produções cinematográficas, entre elas “A Partilha”, de Daniel Filho, e “Lavoura Arcaica”, de Luiz Fernando Carvalho. Em 2001, tornou-se sócio da produtora mineira Camisa Listrada, onde produziu longas como “Descaminhos” e “5 Frações de Uma Quase História”, ambos com direção coletiva, “Fronteira”, de Rafael Conde, e “Sumidouro”, de Cris Azzi. Também dirigiu os curtas “Oxicianureto de Mercúrio” e “Contrato com a Sorte”. 

 

Em 2013, já atuando no Rio de Janeiro, coproduziu a série “Acerto de Contas”, dirigida por José Joffily e exibida no canal Multishow, e produziu os longas “Mão na Luva”, de José Joffily e Roberto Bomtempo, “O Candidato Honesto” e  “Um Suburbano Sortudo”, ambos de Roberto Santucci, e “O Menino no Espelho”, de Guilherme Fiúza Zenha, do qual é também corroteirista.